segunda-feira, 22 de setembro de 2014

PADRE WELLERSON DE CONGONHINHAS REALIZA FORMAÇÃO PARA MINISTROS DE SUA PARÓQUIA...







        Padre Wellerson Roberto Dias que a menos de dois anos chegou à Paróquia Nossa Senhora Aparecida em Congonhinhas, vem desempenhando um grande trabalho pastoral na comunidade, o Padre sob a inspiração do Espírito Santo tem mobilizado as pastorais e movimentos da paróquia através reuniões e formações que levam os fiéis a fazer  com mais responsabilidade a missão lhes confiada pelo senhor Jesus.

         No dia 21/09 aconteceu na paróquia mais uma formação dos MINISTROS DA SAGRADA COMUNHÃO EUCARÍSTICA auxiliado pelo seminarista JOÃO PAULO, Padre Wellerson falou da grande importância de guardar o domingo o DIA DO SENHOR, baseado em documentos da igreja católica o padre disse que o senhor trabalhou realmente os seis dias e no sétimo descansou, não quer dizer que o SENHOR ficou ocioso mais naquele dia ele contemplou a grande obra que tinha sido criada por ele.

     Durante a pregação os MINISTROS tinham os olhos fixos nele, e iam saboreando as palavras de sabedoria que saiam da boca e do coração do padre e enchiam os presentes fortalecendo para a missão lhes confiada, com fundamentos bíblicos o padre também falou do dia de DOMINGO, relatando que este dia é o dia próprio para o descanso e também de reflexão, pois no Domingo aconteceu a RESSURREIÇÃO DE NOSSO SENHOR JESUS, o descanso no sábado ficou no antigo testamento, e depois tudo se renova com a ressurreição de JESUS NO NOVO TESTAMENTO, por tanto a igreja celebra neste dia a grande vitória da vida sobre a morte.

      Ainda em sua pregação ele fez questão de falar sobre a importância de a família reunir-se, principalmente no dia de DOMINGO, quando no momento das refeições todos podem se sentar em volta do altar doméstico que é  MESA DO LAR,  e ali todos olharem uns nos olhos dos outros e por um instante se amarem e se perdoarem, e viver uma vida familiar sempre feliz.

      Para encerrar formação o padre juntamente com o seminarista João Paulo SIMULOU uma celebração realizada pelos ministros na ausência do SACERDOTE, o intuito foi demonstrar para os ministros como ele gostaria que fosse feito nas  celebrações durante a sua ausência na paróquia e capelas, e evitando assim  que alguns gestos pudessem lembrar o que próprio do padre durante as celebrações das SANTAS MISSAS.

CARRETA TOMBA E MOTORISTA FICA FERIDO NA BR-369 EM CORNÉLIO.


Um motorista de 43 anos ficou bastante ferido, por volta das 16h00, deste domingo, 21, na BR-369, próximo à entrada de acesso ao distrito de Congonhas, em Cornélio Procópio, depois que a carreta que conduzia tombou na rodovia.
Segundo informações do Corpo de Bombeiros, Adalto Marcelino Ferreira chegou a ser ejetado na hora do acidente e sofreu ferimentos no tórax, além de fratura em uma das pernas.
Ele foi imobilizado e encaminhado pelos socorristas para cuidados médicos na Santa Casa. A carreta transportava madeira e, devido ao tombamento, o trânsito ficou prejudicando no trecho por mais de uma hora. 

FONTE ; RÁDIO WEB CP.

sábado, 20 de setembro de 2014

AGRICULTURA- PERDER MENOS PARA GANHAR MAIS..

Agricultor de Guarapuava produziu mais de 117 sacas de soja por hectare e se consagrou campeão nacional em desafio de produtividade

Marcos Zanutto/04-03-2013
Em média, a propriedade da família Seitz produz 4 mil quilos de soja por hectare
Campeão da região Sul e nacional do Desafio de Máxima
Produtividade de Soja, organizado pelo Comitê Estratégico Soja Brasil (Cesb), em parceria com a Basf, o produtor Alexandre Seitz, de Guarapuava, representa bem a nova geração de agricultores que comanda o agronegócio nacional atualmente. Investindo na agricultura de precisão, Seitz, de apenas 32 anos, obteve a impressionante marca de 117,33 sacas de soja por hectare na área de cinco hectares que ele destinou para o desafio em sua propriedade de 1,1 mil hectares que toca ao lado do pai, no Centro-Sul do Paraná. "Participar do desafio é importante porque com base nos resultados do concurso podemos produzir mais para obter melhores resultados comerciais", opina o produtor.

Ele conta seu segredo para tamanha produtividade: "Já trabalhamos com a agricultura de precisão há pelo menos uns cinco anos, principalmente para manter a fertilidade da fazenda em dia. Também nos apoiamos no trabalho da Fapa (Fundação de Pesquisas Agropecuárias) da Cooperativa Agrária, da qual somos associados. Com base nos resultados de campo deles, buscamos a melhor cultivar, a melhor época de plantio, adotamos um espaçamento de 2,5 centímetros para a soja, com alta população de plantas e investimos na adubação nitrogenada na base", elenca o agricultor.

Segundo ele, além de uma área destinada ao reflorestamento, a rotação de culturas também é comum na propriedade. "Plantamos soja e milho no verão e trigo, cevada e
aveia no inverno."

Em média, a propriedade da família Seitz produz 4 mil quilos de soja por hectare o equivalente a cerca de 66 sacas de 60 quilos da oleaginosa. No pedaço destinado à pesquisa, os valores mais que dobraram este ano, alcançando 117,33 sacas por hectare.

"Nosso foco é homogeneizar a área e elevar a fertilidade, pois compensa investir no aumento da produtividade, pois assim é possível baixar os custos de produção por unidade produzida até chegar a um equilíbrio", diz Seitz.

Durante o Desafio de Máxima Produtividade de Soja deste ano, o produtor sofreu com a estiagem na fase inicial da safra. Para ele, o clima ainda é um dos fatores agravantes para a agricultura. "Por isso é importante que o produtor tente ao menos controlar as pragas", sugere Seitz, para quem "a meta é sempre perder menos para ganhar mais", ou seja, investir na produtividade para ter mais lucro no fim das contas.

"Este
novo recorde de produtividade do campeão nacional atesta o imenso potencial do Brasil na produtividade da soja, tendo como parâmetro a média nacional de colheita que é 50 sacas por hectare", afirma Orlando Martins, presidente do Cesb.

O comitê já abriu inscrições do Desafio Nacional de Máxima Produtividade Safra 2014/2015 com a expectativa dos participantes alcançarem 120 sacas/hectare e, assim, superar o recorde de produtividade de soja do concurso deste ano. As inscrições devem ser realizadas pelo site www.cesbrasil.org.br até o dia 15 de janeiro de 2015 e todas as fichas pré e pós-colheita devem ser preenchidas para concluir a participação. O desafio conta com as categorias campeão nacional (soja irrigada/não irrigada), campeões municipais, estaduais e regionais (soja de sequeiro).

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

GANHADORAS DOS CUPONS DO LC AUTO POSTO TAMBÉM CONCORRERÃO O GOL 0 KM..

GABRIELA, CRISTIANE, E THAIS PAIVA


LC AUTO POSTO realizou uma promoção incentivando os seus clientes e amigos A FAZER COMENTÁRIO PELO FACEBOOK RESPEITO DA PROMOÇÃO “SÓ O LC FAZ UM GOL PARA VOCÊ, os melhores comentários ganhariam cupons  para concorrer o GOL O KM que está na PROMOÇÃO SÓ O LC FAZ UM GOL PARA VOCÊ E as ganhadoras desta promoção foi a Gabriela Antunes com 50 cupons e a Thais Fernanda Paiva com 20 cupons.

Parabéns Gabriela e Thais..

ACIDENTE AGORA POUCO NO TREVO SAÍDA DE NOVA FÁTIMA DEIXA SEIS PESSOAS FERIDAS...







Hoje Por volta das 17: 40 no trevo saída de nova Fátima sentido Congonhinhas, aconteceu um acidente envolvendo um veículo Escort placa BSQ 5075 da cidade de Santo Antonio do Paraíso e um Gol placa AVQ 6575 da cidade de Ibaiti.
Nossa reportagem passava  pelo local alguns minutos após o acidente, segundo informações de populares  e curiosos, o senhor Luiz Sanches da cidade de Santo Antonio do Paraíso motorista do Escort acabou invadindo a rodovia PR 160 e colidindo violentamente com o gol que estava indo sentido a cidade de Cornélio Procópio, segundo informações NO GOL teria cinco ocupantes. O Motorista do Escort ficou preso nas ferragens sendo retirado pelo corpo de bombeiros, ambas as vítimas estavam todos sendo atendidos pelos médicos do SAMU.
A qualquer momento mais informações a respeito desse acidente.

PESQUISA DATAFOLHA MOSTRA BETO RICHA COM 44%, REQUIÃO 30% E GLEISI 10%...

Pesquisa Datafolha divulgada na noite desta quinta-feira (18) mostra que o candidato à reeleição Beto Richa (PSDB) segue na frente da corrida eleitoral ao Palácio Iguaçu. De acordo com o levantamento, o tucano tem 44% das intenções de voto contra 30% de Roberto Requião (PMDB). Gleisi Hoffmann (PT) tem 10% e Ogier Buchi (PRP) 1%.
Bernardo Pilotto (PSOL), Geonisio Marinho (PRTB), Rodrigo Tomazini (PSTU) e Tulio Bandeira (PTC) não pontuaram na pesquisa. Brancos e nulos somaram 6%. Não sabem ou não opinaram 9%.
A pesquisa foi encomendada pela RPC TV e pelo jornal Folha de S. Paulo.
No levantamento anterior do Datafolha, Richa tinha 44%, seguido por Requião com 28% e Gleisi com 10%.
Num possível segundo turno entre Richa e Requião, o tucano teria 51% e o peemedebista 36%. Branco e nulos seriam 7%. Não sabe ou não respondeu 6%.
Rejeição
O Datafolha também apontou a rejeição dos candidatos. A maior rejeição é de Requião, com 25%. Gleisi Hoffmann tem 20%, Beto Richa 18%, Ogier Buchi, Tulio Bandeira e Bernardo Pilotto 10%, Geonisio Marinho e Rodrigo Tomazini 9%. Todos os candidatos são rejeitados por 4%, enquanto 12% não rejeitam nenhum, e 15% não souberam responder.
A pesquisa foi realizada entre os dias 17 e 18 de setembro. Foram entrevistados 1.256 eleitores em 46 municípios. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o protocolo número PR-00035/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob protocolo número BR-00665/2014.  com informações da Banda B).

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

PREFEITURA DE SANTO ANTONIO DO PARAÍSO INICIA CONSTRUÇÃO DAS 47 UNIDADES HABITACIONAIS..


TERRENO DA CONSTRUÇÃO DAS 47 CASAS




CONSTRUÇÃO DA NOVA UBS
O Município de SantoAntonio do Paraíso é contemplado com uma das melhores administrações municipais dos últimos anos, o Prefeito Devanir e seu vice Valdomiro, vêm demonstrando que administrar é impor respeito no dinheiro público e saber aplicar onde realmente é preciso.
Nos próximos meses a administração estará entregando para a população mais 47 unidades habitacionais, o terreno onde serão construídas fica em um dos pontos mais alto da cidade considerado também um lugar privilegiado pelos futuros moradores, a EMPRESA REPONSÁVEL PELA TOPOGRAFIA E LOCAÇÃO DOS LOTES está trabalhando incansavelmente, para que num curto prazo possa liberar a construção das novas  casas.
 A (UBS) Unidade Básica de Saúde também é uma das obras da administração MARTINELLI que também está indo a todo vapor, segundo Odinei Pereira responsável pela construção nos informou que na próxima semana estará levantando as paredes, pois o prefeito tem pressa de entregar mais uma obra para o povo de Santo Antonio. Disse o Construtor..   

PRÓXIMO DOMINGO FORMAÇÃO PARA MINISTROS DA SAGRADA COMUNHÃO...



No Próximo domingo dia 21/09 estará acontecendo na Paróquia Nossa Senhora Aparecida em Congonhinhas, mais uma formação para MINISTROS DA SAGRADA COMUNHÃO.
  
1.º | Natureza do ministério
1. Os ministros extraordinários da comunhão exercem o seu ministério enquanto:
a) cristãos que, pelo seu batismo e confirmação, participam no sacerdócio comum dos fiéis que os capacita para participar no culto da Igreja;
b) membros da comunidade eclesial mandatados pelo Bispo diocesano para exercer um serviço específico nas celebrações litúrgicas da Igreja.
2. Trata-se de um ministério de caráter “extraordinário”, que só será exercido quando for necessário, por impedimento, ausência ou insuficiência dos ministros ordinários.

2.º | Concessão da faculdade
1. A faculdade de conferir a pessoas idóneas a missão de ministro extraordinário da comunhão compete apenas ao Bispo da Diocese, que delega esta faculdade no Diretor do Departamento de Liturgia.
2. Só é concedida a nomeação de ministros extraordinários da comunhão nos casos de real necessidade pastoral:
a) quando faltarem os ministros ordinários deste sacramento (bispos, presbíteros ou diáconos);
b) quando os mesmos se acharem impedidos de distribuírem a sagrada comunhão, por motivo de outras ocupações do ministério pastoral, por doença, ou por idade avançada;
c) quando o número dos fiéis que desejam receber a sagrada comunhão seja tão grande que obrigaria a prolongar excessivamente o tempo da celebração da Missa, ou a própria distribuição da comunhão fora da Missa.
3. A missão do ministro extraordinário da comunhão não é permanente, mas resulta de um mandato pelos períodos de tempo previstos nestas normas.
4. Os ministros extraordinários da comunhão nomeados por outras dioceses só podem exercer legitimamente o ministério nesta Diocese em situações pontuais e sempre com autorização expressa do responsável da comunidade local. Para desempenharem de forma estável e regular este serviço necessitam de se submeter ao processo de apresentação e nomeação previsto nestas normativas.

3.º | Pedido de nomeação
1. O pedido de nomeação de ministros extraordinários da comunhão deve ser dirigido ao Bispo diocesano, e enviado ao Departamento de Liturgia, indicando as razões pastorais que justificam o pedido e apresentando cada um dos candidatos individualmente.
2. Os candidatos são apresentados:
a) pelo pároco ou responsável da unidade pastoral (capelão hospitalar, capelão militar, reitor de santuário,...), onde exercerão o ministério;
b) pelo(a) superior(a) da comunidade religiosa à qual pertençam e para serviço interno desta.
3. Se o candidato pertencer a um instituto religioso ou sociedade de vida apostólica e for apresentado por um pároco, ou equiparado, carece de autorização do respetivo superior.
4. O candidato que resida numa paróquia diferente da comunidade em que exercerá o ministério carece do parecer do pároco da paróquia de residência.
5. Na apresentação dos candidatos deve ser indicado: nome completo, data de nascimento, estado civil, profissão, endereço, contactos telefónicos, habilitações escolares, breve apresentação do perfil e atividade eclesial do candidato.
                 
4.º | Perfil dos candidatos
1. O candidato a ministro extraordinário da comunhão deve satisfazer os seguintes requisitos:
a) reconhecida idoneidade cristã, fé esclarecida, adequada preparação doutrinal, comunhão eclesial e vida cristã íntegra;
b) ter recebido os três sacramentos da iniciação cristã;
c) ter recebido o sacramento do matrimónio, se viver em união conjugal;
d) fé na presença sacramental do Senhor, sólida piedade eucarística e comunhão frequente;
e) compromisso na vida pastoral da comunidade que vão servir;
f) maturidade humana, honestidade reconhecida e comportamento equilibrado;
g) nível cultural adequado à comunidade que vão servir;
h) boa aceitação pela comunidade a que se destinam;
i) ter completado os 25 anos e não ultrapassar os 70 anos de idade.
2. A pessoa que deixar de ter alguma das condições indicadas nas alíneas a) a h) deve deixar de exercer o serviço de ministro extraordinário da comunhão.

5.º | Nomeação e renovação do mandato
1. Será nomeado ministro extraordinário quem, cumprindo os requisitos indicados nos números 3º e 4º, obtiver despacho favorável do Diretor do Departamento de Liturgia, depois de frequentar as ações de formação por ele indicadas.
2. A primeira nomeação é assinada pelo Bispo diocesano, sob proposta do Diretor do Departamento de Liturgia, e é válida para o período de três anos.
3. Os mandatos podem ser renovados por mais três anos, a pedido dos responsáveis indicados no nº 3º, se forem válidas as razões pastorais para pedir este ministério e se as condições pessoais indicadas no nº 4º se mantiverem. A renovação é concedida pelo Diretor do Departamento de Liturgia, por delegação do Bispo diocesano.
4. O mandato será renovado apenas a quem participa regularmente nas ações de formação indicadas pelo Departamento de Liturgia.
5. Não será renovado o mandato a quem tiver completado 70 anos de idade, a não ser que o responsável indicado no nº 2 do artigo 3º considere que o serviço da pessoa em causa seja imprescindível para a comunidade, justificando o motivo no pedido de renovação.

6.º | Exercício do ministério
1. Os fiéis que receberam a nomeação para exercerem o serviço de ministros extraordinários da comunhão só podem começar a exercer esse ministério após receberem o mandato segundo o rito previsto para o efeito.[4]
2. Os ministros extraordinários da comunhão exercem este ministério sob a responsabilidade do sacerdote responsável da comunidade que tiver pedido a sua nomeação, no âmbito da sua paróquia ou comunidade; a não ser em caso de urgência, não levem a comunhão a doentes de outra paróquia ou comunidade, sem consentimento do respetivo responsável.
3. Os ministros extraordinários da comunhão esforçar-se-ão por desempenhar bem, com dignidade e nobreza, o seu ministério, quer no serviço à comunidade celebrante, quer aos doentes ou ausentes.
4. Quando for necessário, exercem o seu ministério nas seguintes situações:
a) distribuição da sagrada comunhão na Missa;
b) distribuição da sagrada comunhão aos doentes, em suas casas;
c) distribuição da sagrada comunhão fora da Missa, na igreja;
d) exposição do Santíssimo Sacramento para adoração, não lhes sendo permitido em ocasião alguma dar a bênção com o Santíssimo;
e) em caso excecional, animar a assembleia dominical na ausência de presbítero, tendo presente que o exercício regular deste ministério carece de expressa nomeação do Bispo diocesano e não se confunde com a nomeação para ministro extraordinário da comunhão.
5. Aos ministros extraordinários da comunhão, no exercício do seu ministério, não se exige nenhum traje especial, mas devem vestir com o decoro que convém à missão que desempenham.
6. É absolutamente proibido guardar em casa a santíssima Eucaristia.
7. Aos ministros extraordinários da comunhão nunca está permitido delegar noutra pessoa a distribuição da sagrada comunhão.

7.º | Formação
1. Os fiéis que desempenham o serviço de ministros extraordinários da comunhão devem cuidar da sua vida espiritual e empenhar-se na sua formação cristã, participando em exercícios espirituais e em atividades de reflexão teológica.
2. Os ministros extraordinários da comunhão devem participar nas ações de formação permanente propostas para eles pelo Departamento de Liturgia.

8.º | Promulgação
Estas normas entram imediatamente em vigor e substituem as anteriores normativas diocesanas.